Hunter Witches RPG Brasil
Bem Vindo!

Em um mundo aonde uma profecia previu o nascimento de dois gêmeos cujo se confrontariam pelo poder do maior mago existente na história, o planeta terra fora atingido por um feitiço feito por um deles assim ativando poderes ocultos em alguns humanos descendentes de bruxos passados, agora a caçada para guerreiros que possam ajudar ambos os lados se iniciava...

Qual será seu lado ?

Fu-Bar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fu-Bar

Mensagem por Convidado em Sab Nov 15, 2014 11:59 pm


O Fu-Bar era quieto durante a manhã e, na ausência da multidão, o salão principal era dominado pela gigantesca figura atrás do bar, Adolphus, o Grande, coproprietário e taberneiro. Apesar da altura — ele era uma cabeça inteira mais alto que um metro e oitenta —, seu torso tinha forma de barril e era tão largo que dava a impressão de corpulência. Porém, um olhar mais atento revelaria o equilíbrio de seu corpanzil com os músculos. Adolphus já era um homem feio antes de um dardo ter custado seu olho esquerdo, mas o pano preto que ele usava para cobrir a cavidade e a cicatriz em sua bochecha esburacada não o ajudava em nada. Tudo isso, somado a seu lento ato de encarar, o faziam parecer um bandido e um idiota e, apesar de ele não ser uma coisa nem outra, essa impressão costumava manter as pessoas civilizadas em sua presença. Ele estava limpando o bar e pontificando sobre as injustiças do dia a um de nossos mais sóbrios fregueses. Era um passatempo popular.
here's Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fu-Bar

Mensagem por Convidado em Qui Nov 27, 2014 7:21 pm






Estava cansado de buscar informações sobre o que estava acontecendo com os sanguinitas. Não só seu irmão e outros sanguinitas do círculo negro estavam aos poucos mostrando os mesmos sinais da maldição dos sanguinitas. Por este motivo havia ido ate a cidade de baixo, a zona mais desprezível da Irmadim. O bar em que estava era completamente diferente da Taberna da Aldeia. Aqui os homens que frequentavam não possuíam nada além de maldade e um gosto interminável por bebidas ruins.

Pediu uma bebida qualquer, não estava afim de esperar muita coisa seguiu para uma das mesas mais próximas a saída. Observou as pessoas que adentravam no lugar. Ate que finalmente aquele, que ele realmente esperava chegou. - Levemente atrada, Zeddykus. - Sabia que o irmão odiava ser chamado pelo nome completo.

Escutou com atenção o que o outro dizia sobre o lugar. - Não me amole, com seu papo-furado. - Estava farto de ter que escutar qualquer pessoa se lamuriando pelas coisas. - Então como anda seu probleminha? - Haronnus se preocupava com o fato seu irmão não conseguir se alimentar direito. - Outros conhecidos também estão tendo problemas. - Disse, enquanto se aproximava de Zed.

Colocou uma mão sobre a coxa do outro, fazendo movimentos firmes na mesma. - Não expresse reações. - A voz firme do sanguinita se fazia presente, enquanto ele acariciava as partes de seu irmão. - Assim que você gosta, não é? - A mão estava dentro das vestes, brincando com o membro de Zed. - Vejo como eu estou. - Dizia em um tom provocativo.


Sex


thanks flarnius ♥ ops!
here's Convidado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum